sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

A origem da palavra torcedor

"No começo do futebol, ir ao estádio era um ato de elegância, principalmente, no Fluminense. Por isso o Fluminense até hoje tem essa fama de clube aristocrático. As mulheres se enfeitavam como se fosse ao Grande Prêmio Brasil, colocavam vestidos de alta costura, chapéus, luvas. Mesmo que a temperatura na cidade estivesse por volta dos 40º de temperatura, elas iam de luvas. Como o calor era muito grande, elas tiravam as luvas e ficavam com as luvas nas mãos, e como ficavam nervosas com o jogo, elas as torciam ansiosamente. Os homens usavam a palheta, um chapéu de palha muito comum na época, muito elegante e também ficavam com o chapéu na mão enquanto torciam. O Coelho Neto, que além de poeta e cronista era pai de dois jogadores do Fluminense: o Preguinho, que foi o primeiro homem a fazer um gol pela seleção brasileira em uma Copa do Mundo, e do Mano, que morreu em conseqüência de um jogo de futebol, levou uma bolada e acabou morrendo; pois o Coelho Neto escreveu uma crônica em que ele usava a expressão “as torcedoras”, referindo-se às mulheres e dali a expressão pegou e nasceu a torcida. Havia quem dissesse que torcida vinha do fato de as pessoas torcerem os fatos, de o torcedor torcer os fatos a favor de seu clube, mas não foi daí que o termo veio não. Apesar de que quem torce, realmente torce as coisas e até distorce. Mas, na verdade, não foi por isso, foi mesmo pelo gesto das moças, principalmente, das que torciam as luvas entre as mãos". (Jornalista Luiz Mendes)

Fonte: http://www.cte.uerj.br/download/luiz_mendes.pdf

5 comentários:

Frank disse...

Natália, você está de parabéns!! Por colocar textos de grande qualidade. E, acima de tudo TRICOLOR!
Vamos vencer Nense!
ST

Natricolor disse...

Oi, Frank!
Obrigada! Continue participando do blog.
Saudações Tricolores

Alessandro disse...

Caramba! Quem diria?! Essa história de "as torcedoras"!!! E tem gente que ainda fala que futebol é coisa de homem.

Natricolor disse...

Tem razão, Alessandro!
Acho muito interessante essa história. Como as torcedoras e o Fluminense criaram um termo conhecido até hoje.
Saudações Tricolores

Eliriobranco disse...

Acho que irei de luvas ao próximo jogo. Lili