segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

A eterna magia do Fla x Flu

“Até hoje em todo o mundo não há um jogo que chegue aos pés do Fla-Flu. Que é cada vez mais empolgante. E cada jogo entre o Fluminense e o Flamengo parece ser o maior do século e será assim eternamente”. (Nelson Rodrigues)

Tema de diversos textos e músicas. Ponto turístico para os estrangeiros. Inspiração de escritores, cantores, jornalistas e torcedores, no Brasil e no mundo. O Fla-Flu, ao longo de seus 95 anos de existência, fascina e emociona. Um clássico do futebol que transcendeu o próprio esporte e virou expressão para diversos assuntos.

Turistas no Fla-Flu

-Só pela agência de turismo Be a local, 90 estrangeiros foram assistir ao Fla-Flu de outubro do ano passado. Isso porque nem era alta temporada. Não é à toa que, na maioria das vezes, o jogo de sábado de carnaval no Maracanã é um Fla-Flu. E, independente da situação das duas equipes, está sempre cheio de turistas.

-Vídeo de estrangeiros no Fla-Flu da decisão da Taça Rio de 2005, vencido pelo Fluminense por 4x1. http://www.youtube.com/watch?v=_ZIaoj8pXHU

-Uma agência de turismos francesa oferece um pacote turístico pra quem deseja vir ao Brasil ver um Fla-Flu. “Uma experiência inesquecível, a atmosfera de Flamengo e Fluminense é única e só se encontra no Brasil”. http://www.osoleil.fr/billet-match-bresil-maracana.htm

O Fla-Flu pelo mundo

-Alemanha:

“O big bang brasileiro: Fla-Flu” http://fussballblog.espace.ch/200412/&page=1

Existe um festival na Europa apenas sobre filmes de futebol, chamado festival 11mm,. A 3ª edição, que aconteceu em Berlim ano passado, teve 43 filmes, destes, 4 falam sobre o futebol brasileiro. Um deles, o único sobre clubes, se chama Flamengo – Fluminense. Foi produzido pela TV franco-germânica Arte. A sinopse do filme diz que o Fla-Flu “é mais do que um jogo de futebol: é a alma do futebol brasileiro. O filme trata o clássico em seu contexto social, cultural e político”. http://www.11-mm.de/filme_2006/flamengo_fluminense.htm

-França:Dvd sobre os grandes clássicos. Les grands duels du sport: Flamengo-Fluminense.http://img.clubic.com/photo/00209302.jpg

-Japão:“O Fla-Flu da tradição”. O fim do texto diz : “o Maracanã e o futebol carioca continuam fascinando as pessoas”. Flu.html" target="_blank">http://moronobu.hp.infoseek.co.jp/a5fFla-Flu.html

-Espanha: “Um dos espetáculos esportivos mais espetaculares que se pode presenciar na América do Sul”. Esse texto conta a história do Fla-Flu e cita o recorde mundial de público, que pertence ao Fla-Flu de 63. “Quando eles se enfrentam a cidade pára e as rivalidades explodem”. http://www.futbolfactory.futbolweb.net/index.php?ff=pa_legend&idpartido=16

-Site da Fifa:“O futebol brasileiro têm vários clássicos, mas nenhum é capaz de entusiasmar tantos os torcedores quanto esse centenário clássico entre Flamengo e Fluminense”.http://www.fifa.com/en/organisation/index/0,1521,27708,00.html?articleid=27708

Textos de escritores

-Eduardo Galeano em seu famoso livro “El fútbol a sol y sombra” (p. 40), escreveu sobre esse grande clássico.

Historias de Fla y Flu (parte final)

"Desde entonces, padre e hijo, hijo rebelde, padre abandonado, se dedican a odiarse. Cada clásico Fla-Flu es una nueva batalla de esta guerra de nunca acabar. Los dos aman a la misma ciudad, Río de Janeiro, perezosa, pecadora, que lánguidamente se deja querer y se divierte ofreciéndose a los dos sin darse a ninguno. Padre e hijo juegan para la amante que juega con ellos. Por ella se baten, y ella acude a los duelos vestida de fiesta."

-José Lins do Rego

"Mais do que os homens lutam no gramado, há o espetáculo dos que trepam nas arquibancadas, dos que se apinham nas gerais, dos que se acomodam nas cadeiras de pistas. Nunca vi tanta semelhança entre tanta gente. Todos os setenta mil espectadores que enchem um "Fla-Flu" se parecem, sofrem as mesmas reações, jogam os mesmos insultos, dão os mesmos gritos. Fico no meio de todos e os sinto como irmãos, nas vitórias e nas derrotas. As conversas que escuto, as brigas que assisto, os ditos, as graças, os doestos que largam são como se saíssem de homens e mulheres da mesma classe."

-Armando Nogueira

(Coluna de abril de 2003 no Jornal do Brasil )

“A química do Fla-Flu”

"Meu personagem da semana não é um jogador: meu personagem é um jogo. Mais que um jogo, é uma entidade do futebol- uma entidade chamada Fla-Flu, essa bela sigla com timbre de verso que os tempos já converteram em lenda. Domingo, foi tarde de Fla-Flu, no Maracanã. E, pra que se cumpra, mais uma vez, a tradição da alternância no altar do triunfo, agora, foi a vez do Flamengo. Vi a partida e posso dizer a quem não viu que a vitória do Flamengo foi realmente arrasadora. Tão arrasadora quanto a do Fluminense, em jogo recente. Sempre foi assim e sempre assim será. Uma lá, outra cá. Porque o Fla-Flu não é uma simples partida entre duas equipes, entre dois clubes, entre duas torcidas. O Fla-Flu tem camisa própria. Tem desígnios que são só seus. O Fla-Flu tem torcida própria. Tanto é verdade que, outro dia, conheci uma moça, numa roda em que se falava de futebol. Perguntei-lhe, amavelmente: por qual você torce? E a moça me respondeu, candidamente: Eu torço pelo Fla-Flu. Só uma coisa explica esta moça: é a encantadora química do Fla-Flu".

-Nélson Rodrigues

"Ontem, encontrei-me com a grã-fina das narinas de cadáver. Ela veio para mim feliz do encontro. Disse: - Vou ao Fla-Flu. Imaginem vocês que, outro dia, ela me entra no "Mário Filho" e pergunta:- " Quem é a bola? " Não sabia quem era a bola, mas era tocada pela magia do Fla-Flu. Sabe quem é o Fla-Flu e não sabe quem é a bola. (...)Eu queria dizer que o Fla-Flu apaixona até os neutros. Ou por outra: -diante do formidável clássico não há neutros, não há indiferentes. Há sujeitos que não gostam do Fluminense, não gostam do Flamengo, mas estão lá. Encontrei um desses, no último Fla-Flu. No intervalo, fui tomar um café. No caminho, vi o meu conhecido num canto, estrebuchante. E mais: - babava na gravata. Aquilo me escandalizou: - "O rapaz! Você não é Flamengo não é Fluminense. Estás torcendo por quem?" Arquejou: - "Torço contra os dois". Mas torcia, o desgraçado... (Grã-Fina das Narinas de Cadáver)

-Paulo Vinícius Coelho

Blog do PVC

PUBLICADO EM 3/10/2006

"O MAIOR CLÁSSICO DO BRASIL

Contados os dez últimos clássicos, o Fla-Flu é o que mais público leva ao estádio, na comparação com Atlético x Cruzeiro, Corinthians x São Paulo, Vasco x Flamengo, Grenal. São 37 mil pagantes por partida, em média, contra 35 mil do clássico mineiro, 32 mil do Clássico dos Milhões e 30 mil de Corinthians x São Paulo. Curioso que Vasco x Flamengo foi final de Copa do Brasil e de campeonato carioca, em 2004, na lista dos dez últimos confrontos. E mesmo assim perde para o Fla-Flu".

- Além desses, inúmeros outros também já escreveram sobre o Fla-Flu. Tostão, por exemplo, já escreveu que considera o Fla-Flu um dos maiores clássicos do mundo.

Expressão que transcende o futebol

-O jornalista Luiz Zanin no jornal Estadão explicou bem isso.

04/10/2006
Fla-Flu

"Hoje à noite tem Fla-Flu no Maracanã. É o clássico mais emblemático do futebol brasileiro. Tanto assim que a expressão é usada sempre que surge um tira-teima entre duas tendências inconciliáveis. Por exemplo, o segundo turno das eleições é um Fla-Flu entre Alckmin e Lula. O termo foi inventado pelo jornalista Mario Filho, simpatizante do Flamengo, autor de O Negro no Futebol Brasileiro, e que hoje é nome oficial do Maracanã – Estádio Mario Filho, chama-se o velho Maraca. O irmão de Mario, o grande dramaturgo Nelson Rodrigues, era Fluminense doente. Nelson, o maior cronista esportivo que este país já conheceu, cunhou uma frase célebre, “O Fla-Flu não tem começo. O Fla-Flu não tem fim. O Fla-Flu começou quarenta minutos antes do nada”. Genial, né? Só que dá pena ver um Fla-Flu com esses dois times de agora. Isso é bastante comum em matérias de política, ciência, economia, entretenimento". http://www.fazenda.gov.br/resenhaeletronica/MostraMateria.asp?page=&cod=355619

-Selo musical Fla-Flu, administrado por uma gravadora francesa chamada Naif, que lançou o disco Cru (2005) do Seu Jorge.

-Bola da diadora chamada Fla-Flu. http://www.kappsoccer.com/catalog.asp?maincategory=Equipment&subcategory=Balls&brand=Diadora

Livros

- "FLA-FLU...e as Multidões Despertaram!" (Editora Europa, autoria de Néson Rodrigues e Mário Filho, organizado por Oscar Maron Filho e Renato Ferreira, 1987)

- "FLA-FLU, O Jogo do Século!" (Editora Letras e Expressões, autoria de Roberto Assaf e Clóvis Martins, 1999)

Músicas

-Marcha Fla-Flu de 1940 (Haroldo Lobo e David Nasser).

-Citado no Hino do Bangu: "A torcida reunida até parece a do Fla-Flu" e no do Flamengo “No Fla-Flu, é o Ai, Jesus”.

-Desafio do Fla-Flu (Caju & Castanha)

-Companhia de dança O Corpo, na coreografia Ongotô, tem uma música composta por Caetano Veloso e José Wisnik chamada Fla-Flu. http://www.blogger.com/www.mundoteatral.com.ar/ar/cartelera/verinfo.php?uid=1472http://www.blogger.com/www.mundoteatral.com.ar/ar/cartelera/verinfo.php?uid=1472

Recordes de público

-O maior recorde entre clubes da história do futebol mundial. O jogo do dia 15/12/1963, válido pelo campeonato carioca, teve 194.603 espectadores, sendo 177.656 pagantes. O segundo recorde entre clubes também pertence ao Fla-Flu, 171.599 pessoas pagaram para ver o jogo do campeonato carioca de 1969. O Fla-Flu já teve mais de 30 jogos com o público superior a 100.000 pessoas.

Curiosidades

- Oscar Niemeyer já jogou um Fla-Flu. O famoso arquiteto brasileiro jogou no juvenil do Tricolor aos 17 anos, em 1925. O jogo, que terminou empatado em 1x1, foi uma preliminar de um Fla-Flu do campeonato carioca daquele ano e foi disputado nas Laranjeiras.

- Totó no RS é conhecido como Fla-Flu.

- Já teve Fla-Flu na Ilha do Retiro, estádio do Sport Club do Recife. Em 1947, os dois clubes estavam fazendo excursão no Nordeste e aproveitaram pra fazer esse amistoso. “Nunca se viu tanta gente na Ilha como naquela tarde de 13 de junho”. http://www.museudosesportes.com.br/memoriafotografica2.php?id=1991

- O histórico do clássico: http://www.footballderbies.com/results/index.php?id=53

“Não interessa que seja ou não um grande jogo. Só as partidas medíocres precisam ter qualidade. O Fla-Flu vale emocionalmente. Ou por outra: - é Fla-Flu e basta”. (Nelson Rodrigues)

5 comentários:

Andrew disse...

Muito legal o seu trabalho,Natália!!Parabéns!!Realmente a magia do Fla-Flu não se encontra em nenhum outro clássico.São os irmãos Karamazov do futebol brasileiro como diria Nélson Rodrigues...

Pedro disse...

Maior clássico do planeta!!!
Não existe nada mais charmoso. Só o próprio Fluminense.

Natricolor disse...

Obrigada, Andrew e Pedro!
E o melhor do FlaxFlu é quando nosso Tricolor ganha como hoje!
4x1!!

Saudações Tricolores,
Natália

carlos roberto disse...

Parabéns pelas suas pesquisas e é com satisfação q vejo jovens como vc externar esse sentimento de amor pelo nosso amado e idolatrado clube. Este tópico me fez voltar no tempo pois a minha primeira decisão vista foi a de 1969, estava lá entre os mais de 175000.
S.T.

Natricolor disse...

Carlos Roberto, muito obrigada! Deve ter sido sensacional ter feito parte desse momento histórico.
Saudações Tricolores!